Dormir bem: a importância do sono na sua saúde

30/09/2018

Esse é um assunto que tem sido muito comentado nos últimos tempos. Isso porque as pessoas tem dormido mal e em pouca quantidade, principalmente quem mora em cidades grandes. Então, é preciso dar mais atenção para o assunto e melhorar a qualidade do sono já! 

𝐒𝐎𝐍𝐎

O sono, que é um estado fisiológico complexo que não pode ser evitado, não é resultado de uma atividade cerebral reduzida, mas sim um estado de consciência diferenciado. Durante o sono, a pessoa não apresenta movimentos propositais e seus olhos podem estar fechados ou entreabertos. O indivíduo também não apresenta resposta a alguns estímulos auditivos, visuais ou mesmo dolorosos, que deverão possuir maior intensidade para serem percebidos.

O sono, além de ser um momento extremamente relaxante, é um processo vital para nosso organismo. Sem ele, nosso organismo passaria a apresentar problemas graves, como prejuízos à capacidade de memorização, cognição e desempenho motor, além de irritabilidade, cansaço, dores de cabeça, visão turva e alterações no metabolismo. Estima-se que, a cada 24 horas sem dormir, uma pessoa diminua em 25% sua capacidade de realizar trabalho mental.

Durante o sono, nosso organismo realiza funções importantíssimas com consequências diretas à saúde. O sono fortalece o sistema imunológico, libera a secreção de hormônios - como o de crescimento e insulina - consolida a memória, deixa a pele mais bonita e saudável, além relaxar e descansar a musculatura.

𝐐𝐮𝐚𝐧𝐭𝐚𝐬 𝐡𝐨𝐫𝐚𝐬 𝐩𝐫𝐞𝐜𝐢𝐬𝐨 𝐝𝐨𝐫𝐦𝐢𝐫?

Mais importante que dormir muitas horas, é a qualidade do seu sono. Se você consegue ter um sono tranquilo e reparador, poucas horas são o suficiente. Não adianta dormir 8 horas se não for de qualidade. Para saber se a quantidade de horas que você dorme é suficiente, basta notar 𝐜𝐨𝐦𝐨 𝐯𝐨𝐜ê 𝐚𝐜𝐨𝐫𝐝𝐚 𝐩𝐞𝐥𝐚 𝐦𝐚𝐧𝐡ã. Se acordar disposto e com energia, está ótimo! Mas se acordar cansado, precisa dormir mais e melhor.

A média de horas de sono da população brasileira hoje em dia é de apenas 6h e 30 min. Na maioria dos casos, esse número é considerado insuficiente.

𝐏𝐫𝐞𝐣𝐮í𝐳𝐨𝐬 à 𝐒𝐚ú𝐝𝐞 𝐜𝐨𝐦 𝐚 𝐅𝐚𝐥𝐭𝐚 𝐝𝐨 𝐒𝐨𝐧𝐨

Afeta o equilíbrio, a atenção e a memória

Diminui o vigor físico

Envelhece a pele precocemente

Fica mais suscetível a infecções

Deixa o raciocínio mais lento

Causa sensação de olho pesado, sonolência e dor de cabeça

Deixa o organismo sujeito a doenças como obesidade, hipertensão e diabetes

Ocasiona dificuldade em adquirir conhecimentos

Altera o humor e causa irritabilidade

Deixa a aparência com ar de cansaço e causa olheiras

𝐃𝐢𝐜𝐚𝐬 𝐩𝐚𝐫𝐚 𝐃𝐨𝐫𝐦𝐢𝐫 𝐌𝐞𝐥𝐡𝐨𝐫

Pratique exercícios físicos regularmente, preferencialmente no fim da tarde.

Invista em um colchão de qualidade e use travesseiros adequados.

Durma em um local confortável, fresco, escuro e silencioso.

As alterações de ruído, de luz e de temperatura podem atrapalhar o sono.

Faça uma refeição leve antes de dormir: deixar o estômago vazio atrapalha o sono.

Cuide com líquidos durante a noite, pois a necessidade de urinar irá interromper a sequência do seu sono.

Tome um banho quentinho antes de dormir. Use óleos relaxantes e cremes: eles proporcionam sensação de bem-estar.
Procure dormir e acordar sempre no mesmo horário, inclusive nos finais de semana.

Relaxe sua mente, livre-se dos pensamentos, preocupações e ansiedade.

Evite álcool a noite. As substâncias da bebida podem afrouxar a estrutura da região da faringe, comprometendo a respiração causando ronco e apneia.

Cuide com as substâncias estimulantes. Preste atenção no que ingere: chá, café, refrigerante e chocolate são bons exemplos de estimuladores que podem prejudicar o sono.


Evite ingerir tranquilizantes, relaxantes e soníferos, pois eles podem criar hábitos indesejáveis para a conciliação do sono regular.

Vá para a cama somente quando estiver com sono. Deixe a cama caso não consiga dormir logo. E retome atividades relaxantes em ambientes com pouca luminosidade até ter sono novamente. Controlar as horas no relógio ao se deitar também é prejudicial, pois aumenta a ansiedade.

Medite. Já está provado que a meditação é uma técnica eficaz para reduzir a tensão, aumentar a criatividade e trazer profunda sensação de paz para os que a praticam. Meditar ajuda, de fato, a aprofundar o descanso. Quinze minutos por dia é o suficiente para obter resultados.

Evite a luz azul (computadores, TV, celular), pelo menos uma hora antes de dormir. Essa luz é extremamente prejudicial ao sono.

𝐌𝐞𝐥𝐚𝐭𝐨𝐧𝐢𝐧𝐚

A melatonina é uma maneira natural de regular o sono para quem tem insônia e quer melhorar a qualidade do sono. Muitas pessoas já se beneficiam com o uso. Aqui no Brasil foi liberada há pouco tempo. Para conseguir a melatonina é preciso de receita médica para conseguir na farmácia de manipulação. Em farmácias comuns ainda não tem para vender

𝐁𝐞𝐧𝐞𝐟í𝐜𝐢𝐨𝐬 𝐝𝐞 𝐮𝐦𝐚 𝐁𝐨𝐚 𝐍𝐨𝐢𝐭𝐞 𝐝𝐞 𝐒𝐨𝐧𝐨

Ao ter uma boa noite de sono você acorda bem humorada, descansada e com os músculos renovados. Tem um ótimo desempenho físico e mental e energia para desempenhar as tarefas do dia. Ter um sono regular e com qualidade evita doenças como: obesidade,hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares e depressão.

𝐃𝐨𝐫𝐦𝐢𝐫 𝐁𝐞𝐦 𝐀𝐣𝐮𝐝𝐚 𝐚 𝐄𝐦𝐚𝐠𝐫𝐞𝐜𝐞𝐫

Pesquisas científicas garantem: Uma boa noite de sono controla a fome, aumenta a sensação de saciedade e regula os hormônios.

Quem dorme cinco horas ou menos por noite, correm 𝐭𝐫ê𝐬 𝐯𝐞𝐳𝐞𝐬 𝐦𝐚𝐢𝐬 𝐫𝐢𝐬𝐜𝐨 𝐝𝐞 𝐬𝐞 𝐭𝐨𝐫𝐧𝐚𝐫 𝐮𝐦 𝐨𝐛𝐞𝐬𝐨 𝐧𝐨 𝐟𝐮𝐭𝐮𝐫𝐨.

Mas não vá pensando que só dormir é suficiente para emagrecer! Acompanhamento nutricional e atividade física são fundamentais.

Entre os hormônios relacionados aos ponteiros da balança e que são afetados pela falta de sono estão o cortisol (hormônio do estresse), grelina e leptina (ambos relacionados a regulagem do apetite e estocagem de gordura no corpo).

OBS: O sono é importantíssimo para o descanso do nosso corpo e mente. Se você não anda dormindo bem à noite, pode ter sua atenção e concentração comprometidas. Mas, se você tem uma noite de sono tranquila e relaxante, pode perceber que acordará bem mais disposto e seu rendimento será melhor. Além disso, é durante o sono que produzimos os hormônios responsáveis pelo ganho de massa magra e regulação do apetite, portanto, a qualidade do sono tem tudo a ver com a boa forma.