Retenção de líquidos

30/09/2018

a importância da água no nosso organismo, você sabia que mais da metade do nosso corpo é feito de água ? você o que é a retenção de líquidos e como acabar com ela ? aprenda aqui como controlar a retenção e suas dores.

Cerca de 75% do peso de um músculo é composto por água. O sangue por sua vez contém 95% de água, a gordura corporal 14% e o tecido ósseo 22%. O corpo humano possui cerca de 65% de água em homens adultos e 60% em mulheres adultas.

A retenção de líquidos é o acúmulo excessivo e anormal de água entre as células do organismo que posteriormente é eliminada pela urina. Por meio desse acúmulo, uma pessoa pode adquirir aproximadamente 2 kg durante um só dia. Existem casos em que a retenção de líquidos ocorre em períodos nos quais há alterações metabólicas como na TPM, na menstruação e na gravidez e casos em que ela ocorre por fatores internos que necessitam de auxílio médico, medicação e dieta para que haja sua eliminação.

Em casos relacionados aos fatores internos desconhecidos, a retenção de líquidos pode ser um sintoma de problemas como insuficiência vascular, hipotireoidismo, hipertensão arterial, mau funcionamento dos rins, fígado e coração, processos inflamatórios, deficiência na circulação sanguínea, grande concentração de sódio no organismo e alterações hormonais e emocionais.

A retenção é mais comum entre mulheres do que nos homens justamente por conta das alterações hormonais no ciclo menstrual e, mais tarde, na menopausa. Contudo, de acordo com as três médicas, não é difícil perder o peso extra. O importante é saber a causa desse inchaço por meio de um acompanhamento médico e nutricional. Assim, basta tratá-lo corretamente para aliviar significativamente os quilinhos extras.

Entre os sintomas do inchaço, "dores corporais e, em certas ocasiões, pele ressecada, irritabilidade, desconforto intestinal e dificuldade na digestão.

𝐃𝐢𝐜𝐚𝐬 𝐝𝐞 𝐜𝐨𝐦𝐨 𝐞𝐯𝐢𝐭𝐚𝐫 𝐚 𝐫𝐞𝐭𝐞𝐧çã𝐨:

Para evitar a retenção é preciso diminuir o consumo de sal, aumentar o consumo de potássio (encontrado em frutas e verduras) e beber muita água todos os dias. O potássio ajuda a controlar os níveis de sódio no corpo, e a água estimula a função renal e contribui para a eliminação de toxinas.

𝐚𝐥𝐠𝐮𝐧𝐬 𝐚𝐥𝐢𝐦𝐞𝐧𝐭𝐨𝐬 𝐝𝐞 𝐟á𝐜𝐢𝐥 𝐚𝐜𝐞𝐬𝐬𝐨 𝐞 𝐪𝐮𝐞 𝐩𝐨𝐝𝐞𝐦 𝐚𝐣𝐮𝐝𝐚𝐫 𝐧𝐨 𝐜𝐨𝐧𝐭𝐫𝐨𝐥𝐞 𝐝𝐚 𝐫𝐞𝐭𝐞𝐧çã𝐨 𝐝𝐞 𝐥í𝐪𝐮𝐢𝐝𝐨𝐬:

𝐀𝐛ó𝐛𝐨𝐫𝐚:

Aumenta a produção de urina e pode ser consumida como purê de abóbora cozida, sem sal.

𝐁𝐞𝐭𝐞𝐫𝐫𝐚𝐛𝐚:

Uma opção é cozinhá-la e tomar o caldo do cozimento, sendo três xícaras ao dia o suficiente para ajuda a diminuir a retenção de líquido.

𝐂𝐞𝐧𝐨𝐮𝐫𝐚:

O vegetal é diurético e deve ser consumido cru ou em suco.

𝐏𝐞𝐩𝐢𝐧𝐨:

Diurético natural que pode ser consumido cru na salada.

𝐓𝐨𝐦𝐚𝐭𝐞:

Um grande estimulante das funções renais que também pode ser consumido na salada.

𝐋𝐚𝐫𝐚𝐧𝐣𝐚:

Seu suco ao natural, deve ser preparado na hora de ingeri-lo, puro e sem açúcar ou adoçante, é um poderoso diurético e anti-inflamatório. Tomar um copo, em jejum, podendo repeti-lo mais vezes fora das refeições.

𝐋𝐢𝐦ã𝐨:

Pode ser consumido com algumas gotas num copo de água ou até mesmo algumas gotas por cima da salada ou comida de preferência.

𝐌𝐚çã:

Seu suco é um excelente diurético e calmante.

𝐌𝐞𝐥𝐚𝐧𝐜𝐢𝐚:

É o principal diurético natural de todas as frutas e possui alta taxa de vitaminas e minerais e atua como remédio contra enfermidades em geral. Vale observar que deve ser ingerida individualmente e nunca com as refeições.

𝐌𝐞𝐥ã𝐨:

A fruta que é diurética, deve ser ingerida individualmente, pois, não combina com outras frutas e pode se tornar indigesta.

OBS: Para descobrir se o seu corpo está ou não retendo líquidos, basta pressionar a região próxima à canela com o dedo indicador por cinco segundos e soltar em seguida. Se o local ficar esbranquiçado e a pele demorar para voltar ao normal, as chances de haver a retenção de líquido são grandes. Mas antes de se assustar com o resultado do teste e com os quilinhos a mais que podem aparecer na balança, é preciso investigar diretinho as causas do inchaço repentino com um especialista.